Pular para o conteúdo
Anúncio
Início » Quais são as taxas do financiamento para construção?

Quais são as taxas do financiamento para construção?

Quais as taxas para o financiamento de construção?

Para ficar bem didático e fácil de entender, vamos explicar “Quais as taxas do financiamento para construção?” através do processo de financiamento, bem na ordem que ele acontece.

Por mais que eu sempre fale aqui sobre como é vantajoso fazer a construção de uma casa financiada pela Caixa, a gente tem que ter em mente que o negócio do banco é vender dinheiro.

Anúncio

Por isso, eles nunca vão sair perdendo e cobram uma série de taxas ao longo desse financiamento.

Nesse artigo, vou te mostrar todas as taxas que a gente tem que pagar ao longo do financiamento, e quais são os valores delas.

O processo

A primeira coisa que você vai ter que fazer, após simular o seu crédito, é obter a aprovação desse crédito. Para isso, você vai procurar um correspondente da Caixa.

Ele vai te pedir uma série de documentos, e você vai conseguir com ele a aprovação no seu crédito.

No vídeo abaixo você pode conferir as do engenheiro Rafael Wainer sobre documentação:

Anúncio

https://youtu.be/TBrvKy6Z5qg

O que é essa aprovação?

Basicamente, esse correspondente vai verificar se você tem o nome limpo, e através do sistema da Caixa, eles vão ver quanto de fato vão liberar o dinheiro para seu financiamento de construção.

Mas é muito importante saber que essa aprovação de crédito é feita por correspondentes bancários. Esses correspondentes são empresas terceirizadas que prestam serviço para a Caixa. Mas a gente não tem que pagar por esse serviço, porque esses correspondentes já ganham da Caixa.

Quando você fizer a assinatura do contrato, tem muitos correspondentes que cobram para fazer essa aprovação de crédito, mas em particular nunca paguei por isso.

Eu já vi gente que paga R$ 1.500,00 para fazer uma aprovação de crédito, e isso não existe. Então, quando vocês forem procurar um correspondente para fazer aprovação de crédito, procurem um que não cobre nada para isso.

Como proceder?

Depois que você tiver o crédito aprovado na Caixa, isso significa que a Caixa vai liberar um financiamento para você. Então, você já pode procurar o seu engenheiro, o seu arquiteto, e mandar ele fazer todos os projetos da sua casa.

Ele vai elaborar um projeto arquitetônico, uma planilha de custos e um cronograma físico-financeiro que a Caixa solicita. E você também vai ter que juntar todas as documentações que o seu correspondente da Caixa te pedir.

Você pega todos esses documentos e envia para o correspondente da Caixa. Quando você fizer isso, ele vai te gerar uma guia, e essa guia é a taxa de engenharia.

Quais as taxas do financiamento para construção?

Você terá que pagar para o engenheiro fiscal da Caixa analisar seus projetos, sua planilha e ver se está tudo bem. Essa taxa custa R$750,00 e todo mundo tem que pagar depois que esse fiscal analisar essa documentação.

Quando estiver tudo certo, o gerente da Caixa vai agendar uma entrevista. Eles dizem que essa entrevista é para conhecer o cliente melhor e ver se está tudo bem de fato, mas, na prática, o que a gente vê é que esse é o momento em que a Caixa vai tentar te ofertar alguns produtos.

O primeiro produto que eles vão te oferecer é um seguro para essa construção. Esse seguro pode variar muito de financiamento para financiamento.

Mas podemos dizer que ele custa em média R$500,00, embora o valor possa ser menor se o financiamento for baixo e maior se o financiamento for alto. A análise que eles fazem considera que você vai comprar esse seguro.

Portanto, a liberação do seu financiamento já prevê que você vai pagar esse seguro. E se você ao chegar lá e falar que não quer esse seguro e que não vai pagar essa taxa, basicamente eles vão dizer que está tudo bem, mas vão ter que analisar todo o processo novamente.

Isso significa que vai demorar mais meses para conseguirem liberar o financiamento e é muito possível que a taxa de juros mude. Meu conselho é que você pague essa taxa, não tem como escapar disso.

Quanto aos demais produtos que a Caixa vai te oferecer nessa entrevista, você não precisa aceitá-los. Mas é importante entender um pouco como funciona esse processo.

Taxas

Quando a Caixa faz o seu financiamento, ela te dá uma taxa de juros chamada taxa de juros balcão, que prevê que nesse momento você vai recusar o produto dela.

Mas o que acontece se daqui a pouco você aceitar um produto? A Caixa vai entender que você quer ter um relacionamento com ela e isso pode fazer com que ela consiga baixar os juros do seu financiamento.

Vou dar um exemplo: um cliente foi para uma entrevista na Caixa e o gerente ofereceu uma série de coisas, algumas sem sentido para o financiamento, mas também ofereceu que o cliente passasse a conta do salário dele que era em outro banco para a Caixa e ofereceu uma previdência para esse meu cliente.

Para ele, isso era vantajoso e só de aceitar isso, ele conseguiu baixar a taxa de juros dele, que antes era 8%, para 6,75%.

Portanto, financeiramente falando, foi muito vantajoso para ele aceitar esses produtos.

Quais são as taxas do financiamento para construção?

Valores

  • Taxa de assinatura: R$2.350,00
  • Taxa de engenharia: R$750,00
  • Vistoria: R$400,00
  • Seguro: R$500,00

Vamos entender esses valores e quais são as taxas do financiamento para construção?

Etapas

Depois dessa entrevista, vai ser marcada uma data para o cliente assinar o financiamento dele e no dia em que ele for assinar o financiamento, ele tem que pagar mais uma taxa que eles chamam de taxa de assinatura, que custa em torno de R$2.350,00.

Então, podemos dizer que, antes da obra começar, o que a gente tem de taxas obrigatórias seriam a taxa de engenharia e a taxa de assinatura, totalizando um total de R$3.100,00, sendo R$2.350,00 da taxa de assinatura e R$750,00 da taxa de engenharia.

Juros de obra e vistoria: entenda

Depois que você pagou tudo isso, já pode começar a tua obra. As parcelas do financiamento só são cobradas depois que a obra está pronta, porém, mensalmente, vai ter duas taxas que você vai ter que pagar para o banco.

Essas taxas são as taxas de vistoria do fiscal da Caixa. O dinheiro fiscal da Caixa e mensalmente na tua obra e a vistoria que está fazendo as coisas de acordo e também para liberar para medição.

Essa taxa custa R$400,00. E você também vai ter que estar pagando os juros de obra e esses juros de obras são os juros referentes aos valores que já foram liberados pela Caixa.

A gente tem uma taxa anual de oito por cento. Dividindo esse valor por 12, chegamos a uma taxa de juros mensal de 0,007%.

Como a gente recebeu da Caixa, por enquanto, apenas R$10.000, a gente vai multiplicar esses R$10.000 por 0,007%. Logo, a gente chega a um valor de juros de obra para esse mês de R$66,67.

A gente não pode esquecer que é sempre sobre o valor liberado acumulado. Então, se na próxima medição, em vez de receber R$10.000, você receber R$15.000, você vai ter que fazer o cálculo dos juros sobre R$25.000, que foi o valor que a Caixa já te liberou, e assim em diante até o final da obra.

É muito importante que a gente entenda como funcionam essas taxas e o quanto a gente vai ter que pagar para que a gente consiga se organizar financeiramente.

Conheça tudo sobre financiamento através do Decisões Inteligentes e tenha sucesso em Construção Financiada.